Imagem do blog

Inbound Marketing – Entenda de uma vez por todas

Com as mudanças no tempo, no ambiente digital e no comportamento dos consumidores, foi necessária uma adaptação e uma busca por novas e melhores formas de se promover diante do público, que está cada vez mais exigente e consciente quanto ao consumo. Então esta foi a melhor solução encontrada capaz de atrair e também manter a atenção dos clientes em potencial.

Também conhecido como Marketing de Atração ou Novo Marketing, o Inbound Marketing é um conjunto de ações estratégicas que visam atrair a atenção do público de interesse de uma empresa através de conteúdo atrativo, ao contrário do Outbound Marketing, que interrompe a rotina do público em geral, sem segmentação, com mais custos, mais tempo e uma eficácia menor.

Na prática, Inbound Marketing é investimento e economia, de tempo e dinheiro. Ele atrai desconhecidos com o conteúdo que eles mesmo buscam. 

Como é feito o Inbound marketing?

Levando em consideração o fato de que, atualmente, o acesso à internet faz com que a grande maioria das pessoas busquem nela soluções para seus problemas, é realizado um estudo e um planejamento dentro da realidade da sua empresa, para que sejam criadas estratégias que atraiam o seu público alvo até seu blog e website durante essas buscas, aumentando assim o tráfego e as oportunidades de estabelecer uma comunicação mais direta, mediante a coleta de leads que são implantados.

Após essa coleta, é iniciado o momento de aproximação e educação. É onde esses leads serão alimentados com conteúdos informativos e úteis, relacionados ao seu nicho e baseados em necessidades e anseios dos mesmos, fazendo com que assim eles sejam educados e conduzidos ao consumo. Esse processo consiste basicamente em informar sobre problemas reais e apresentar soluções. É atrair clientes através de conteúdo produzido por você, mas do interesse deles.

Quanto mais conteúdo útil, maior a sua autoridade.

Etapas do Inbound Marketing:

Fase 1: ATRAÇÃO

É aqui onde é feito o estudo dos ambientes e envolvidos, definindo personas e identificando os potenciais clientes. A intenção é chamar a atenção e atraí-los para links que os levarão aos conteúdos elaborados pela sua marca, estejam eles em Blogs, redes sociais, anúncios e até mesmo Google. Mas não basta atraí-los, é preciso mantê-los conectados e engajados.

É de suma importância, antes mesmo de dá início a essa etapa, a otimização de seu site e blog, pensando sempre na experiência que o visitante/usuário terá enquanto estiver navegando em seus materiais, porque é a partir daí que ele vai reconhecendo o valor daquilo que você faz e oferece, e pode iniciar sua jornada de compra.

Fase 2: CONTATO

É aqui onde os visitantes são seduzidos a deixarem seu contato. Isso é feito através da criação de landing pages, formulários ou qualquer outra forma de coletar informações a respeito de quem visita, como por exemplo, o nome, telefone para contato, e-mail, profissão, localização e etc.

Diante disto, é muito importante ter um site ou blog muito bem estruturado, atualizado e otimizado, que seja constantemente alimentado por conteúdo útil. Dessa forma fica mais fácil coletar dados de visitantes, pois você pode oferecer algum conteúdo exclusivo em troca, podendo até mesmo conter, dentro desse conteúdo, informações ou ofertas relacionadas aos seus produtos ou serviços, mas que não fuja da temática de interesse do visitante.

Esse processo é conhecido como “nutrição de leads”, sendo esse o passo que antecipa o contato e a conversão.

Fase 3: VENDAS

Após conquistar leads, é chegado o momento de se aproximar mais, como uma verdadeira autoridade no assunto que os trouxe até ali. É nessa etapa que você vai trabalhar para influenciar ele em sua decisão de compra, com muita paciência e respeito pelo tempo de cada um.

Deve-se continuar nutrindo-o com conteúdo rico e baseado em questões reais, respeitando a jornada de compra e preparando-o para logo mais receber ofertas que se apresentarão como soluções reais para os problemas que ele quer resolver. 

É importante sempre lembrar que nem todos os leads chegarão nessa fase e realizarão uma compra facilmente. Aqui deve ser feito um trabalho dedicado, paciente e constante, procurando entender as necessidades e dificuldades, buscando sempre contorná-los da melhor forma possível, passando confiança, para que assim o lead faça uma decisão de compra consciente.

Fase 4: RELACIONAMENTO

Esta é a última, mas não menos importante fase. Depois de conquistar o cliente, é essencial manter o contato, se relacionar, continuar compartilhando conteúdo, interagir, dar suporte e consultoria. Isso faz com que o cliente se sinta importante, satisfeito e parte da sua marca. 

Esse relacionamento pode gerar compartilhamento de experiências e o tão conhecido “Marketing boca a boca”, que abre novas oportunidades de vendas.

Elaborar um planejamento baseado no Inbound Marketing não é fácil, mas você pode contar com a nossa ajuda. Estamos prontos para te atender.


Comentários:

Nosso Whatsapp